• Pedro Emerenciano Amaro

A volta da seleção brasileira masculina

No próximo dia 09 e 13 de Outubro, a seleção brasileira masculina enfrenta a Bolívia e o Peru, respectivamente, e o que temos é uma convocação com algumas surpresas e muita desconfiança.


A volta da seleção brasileira masculina

Como já dito, a seleção vem com uma convocação que causa muitas dúvidas, mas no geral, Tite conseguiu trazer para a equipe grandes astros internacionais que fizeram boa temporada em seus respectivos clubes. Citando alguns deles, temos o melhor jogador brasileiro da atualidade, Neymar. Ele pra muitos foi o principal responsável pelo inédito vice campeonato do Paris Saint Germain (PSG), que pela primeira vez em sua história disputou a final da Uefa Champions League, um marco histórico, mas que terminou com uma derrota para a equipe do Bayern de Munique, que foi superior aos demais times em todo o campeonato e a equipe de Munique contou com um dos craques brasileiros, Philippe Coutinho, que de certa forma fez uma boa temporada na equipe alemã e com gols na Champions, mas com certeza os que mais marcaram foi contra o Barcelona, fazendo parte de um massacre histórico que com toda certeza foi o pior jogo da história da equipe catalã, mas o mais interessante é que ele estava emprestado ao Bayern, mas pertence ao Barcelona, clube pelo qual voltou a jogar já nessa temporada e é umas das principais peças para a reformulação da equipe de Lionel Messi. Outro que podemos citar é Gabriel Jesus, jogador do Manchester City, que na temporada anterior marcou 23 gols em 53 jogos, sendo 6 deles na UCL, em um total de 3.274' jogados, o que dá em média 1 gol a cada 142 minutos. Ele bateu um recorde com isso, sendo o primeiro jogador a marcar mais de 20 gols em duas temporadas consecutivas por um time inglês. Falando em artilheiros brasileiros na terra da rainha, temos Roberto Firmino do Liverpool, que não fez uma ótima temporada, mas conseguiu conquistar a Premier League novamente pelo Liverpool e junto com ele outro brasileiro que tem esse feito é o Alisson, melhor goleiro brasileiro da atualidade, busca ser considerado nessa temporada, o melhor goleiro do mundo, mas é uma tarefa difícil , levando em conta a ótima temporada de Manuel Neuer.


A convocação do técnico Tite



Como podem ver temos muitos jogadores que não estamos acostumados a ver na seleção, mas um que nunca vimos é o jogador do Palmeiras, Gabriel Menino, que é um jogador jovem e que vem tendo destaque no time de São Paulo. Mas como já disse lá em cima, temos craques que já estamos acostumados a ver como Neymar, Philippe Coutinho, entre outros. Santos é um dos destaques, mostrando pra nós que a principio ele é o 3º goleiro de Tite. Vemos ainda a presença do zagueiro Tiago Silva, que mesmo estando caminhando para o final de carreira, ainda é um dos melhores zagueiros do mundo e na minha opinião, um dos titulares da seleção. Ao seu lado temos Marquinhos, infelizmente essa dupla foi desfeita no clube, já que o zagueiro Thiago Silva saiu do PSG, rumo ao Chelsea, que vem montando um projeto legal para voltar a figurar no cenário europeu. Mas creio que não é uma preocupação para o técnico Tite, já que os jogadores se conhecem bastante. Um outro nome que também me chama atenção é o do meia Douglas Luiz, jogador do Aston Villa e que vive um bom momento.


Os próximos jogos

Os próximos jogos da seleção vão ser contra a seleção Boliviana, que não preocupa tanto, por não ter grandes estrelas e o segundo jogo vai ser contra a seleção peruana, na qual a equipe enfrentou na final da Copa América do ano passado, o interessante desse duelo além de reprisar a final da Copa América, é o fato da equipe Peruana ter perdido seu principal astro, Paolo Guerrero, muito conhecido por nós brasileiros por jogar em clubes como Corinthians, Flamengo e hoje estar no Internacional. O jogador sofreu uma grave lesão no joelho direito, o que preocupa bastante a equipe de Porto Alegre, mas preocupa ainda mais a seleção do Peru, por não ter tantos jogadores de destaque. Jogadores que podemos citar como estrelas na equipe peruana são Farfán e Cueva.


O que esperar

A seleção vai encarar adversários mais fracos nessa primeira rodada, apesar que se a seleção peruana tivesse o Guerrero, eu já colocaria em outro patamar, mas não é o caso. A seleção boliviana já não oferece real perigo há anos. Mas de certa forma todos sabemos que as Eliminatórias da América do Sul, pelo seu formato é passível de dar zebras em alguns jogos. Imagino na parte da seleção, uma equipe mais renovada, mas que preserva seu time titular, se não tiver muitas alterações. Mas imagino a seleção brasileira forte para esses confrontos.


Fotos: @cbf_futebol via Instagram