• Caio Lisboa de Souza

Bahia recebe Flamengo esperando um "replay" da temporada passada

Em 2019, logo no início da trajetória de Jorge Jesus no Fla, Bahia venceu o time carioca por 3 a 0 na Fonte Nova. Na ocasião, o time também estreava um novo lateral na equipe titular.



Apesar das coincidências, o cenário era bem diferente para o time carioca. O Bahia era o 12° colocado e não vencia fazia 2 meses, enquanto o rubro-negro era o 3° na tabela. A partida foi a primeira de Filipe Luís com a camisa do Flamengo, hoje, Isla faz sua primeira partida como titular. Coincidência?


O time baiano vem de dois empates e uma derrota e ocupa o 10° lugar no Brasileirão, uma posição em cima do Flamengo, que chega empolgado após vitória sobre o Santos na Vila. Ambas as partida somam 8 pontos no campeonato, mas o Bahia está na frente por causa do saldo de gols.

O Bahia vive uma fase de muita pressão por parte da torcida. Ficaram em segundo lugar na Copa do Nordeste e não apresentou um futebol convincente até aqui no Brasileiro. Contra o Fla, o time terá o desfalque de Ronaldo (emprestado pelo Flamengo) e Gregore (três cartões amarelos).


O Flamengo chega animado após a partida contra o Santos. Domènec parece ter encontrado uma formação que pode dar certo com a equipe e começa a moldar o time à sua maneira. No entanto, o catalão nem relacionou Gabigol e Gerson para a partida, jogadores que não estavam 100%, mas tinham condições de jogar. Outros desfalques do rubro-negro são Diego Alves (lesionado), João Lucas (lesionado), Bruno Henrique (três cartões amarelos) e César (diagnosticado com COVID-19). Com isso, é provável que Arrascaeta e Éverton Ribeiro estejam juntos em campo, coisa que Domènec aparenta não gostar muito.

A partida é hoje, às 20h30' no Estádio de Pituaçu e será transmitida apenas pelo Premiere. O pós jogo você confere aqui no Conteúdo Desportivo.


Imagens: Site da CBF (cbf.com.br), Twitter do Flamengo (@Flamengo) e Twitter do Bahia (@ECBahia).