• Caio Lisboa de Souza

Pós Jogo: Flamengo 0 x 1 Atlético MG

Em partida muito disputada, time mineiro leva a melhor com gol contra do aniversariante Filipe Luís.


No primeiro tempo, o Flamengo foi superior. Domènec conseguiu fazer Arrascaeta aparecer mais para o jogo, e deu mais liberdade para É. Ribeiro se movimentar no meio de campo. O resultado disso foi um time bem ofensivo e perigoso. O time perdeu 3 chances claras de gol, que fariam muita falta no resultado final.


O problema é que subir muito resulta em precisar de uma boa zaga, e Léo Pereira não correspondeu a altura. No gol contra de Filipe Luís, o zagueiro errou um passe no campo ofensivo, e na recomposição deu um bote errado no lado de Rodrigo Caio, deixando o experiente lateral sobrecarregado (e perdido) na área.


A partir da volta do intervalo, o Galo dominou as ações em campo. O técnico do Flamengo mexeu mal, enquanto Sampaoli foi preciso com suas alterações. O time do Atlético passou então a subir com perigo para o ataque, principalmente a partir da metade do período, quando Domènec deixou apenas Arão para lidar com o meio de campo.


O técnico do Rubro-Negro carioca tentou usar uma formação ofensiva que é vista no City de Guardiola para buscar o resultado, mas com uma semana de trabalho era impossível que os atletas respondessem bem e se adaptassem para o novo modo de jogar.


O Atlético MG agora enfrenta o Corinthians dia 12/08 em Minas Gerais buscando se manter entre os primeiros na tabela, enquanto também dia 12/08, o Flamengo visita o Atlético GO em busca de 3 pontos para começar a buscar o topo da classificação.


Imagem: Twitter do Atlético MG (@Atletico).