• Caio Lisboa de Souza

O fim da Era Messi e Cristiano Ronaldo?

Por: Caio Lisboa


Com a Champions League esse ano, estamos vendo o que achávamos de "certezas" no futebol indo por água abaixo. Jogadores não conseguem mais levar seus times sozinhos, a tática dominou a técnica e assim, reinados estão caindo.


Quando imaginaríamos que as semifinais da maior competição de clubes na Europa não teria nenhuma equipe espanhola ou inglesa. O que chamávamos de certeza, hoje se torna dúvida.


Vimos a pequena Atalanta virar gigante em cima do PSG, que no soar do gongo viu Mbappé entrar no jogo e ajudar Neymar a comandar a virada. Vimos um organizado RB Leipzig dominar a partida contra o copeiro Atlético de Madrid. Vimos também o Lyon segurar a Juventus de Cristiano Ronaldo e aproveitar as falhas do City de Guardiola. Vimos o tão poderoso Barcelona de Messi sofrer uma goleada histórica para o Bayern.


E daí? E daí que essas "zebras" nos mostram que muitas coisas devem ser mudadas no futebol. Barcelona e Atlético de Madrid, há anos já não são mais os mesmos, seguram seus medalhões em vez de renovar o elenco, e caíram para clubes que fazem exatamente isso. Bayern de Munique, que tem no elenco jogadores novos mas que entregam MUITO futebol, e Leipzig, que tem jogadores não renomados, mas com uma organização tática impecável.


A Champions 19/20 mostra que não adianta ter um craque no elenco e nada mais. Messi tentou mas não chegou a lugar nenhum. Cristiano Ronaldo mesmo marcando 2 gols não classificou a Juve. Neymar mesmo se esforçando não conseguiria vencer a Atalanta sem a ajuda de Mbappé.


A partir de agora, com certeza veremos mais tática do que técnica em campo, veremos mais times jogando com 3 zagueiros e novos técnicos se tornando referência.


Mas a nós, meros mortais dentro desse universo do futebol, cabe admirar as reviravoltas que ocorrem dentro das 4 linhas, respeitando o passado, mas abraçando o futuro.