• lendoojogo

O ponto de (des)equilíbrio do Fluminense

O jogador que possui a mentalidade de jogar apenas para o time precisa ser valorizado cinco vezes mais!

.

Aquele que se sacrifica para exercer uma função tática imposta pelo treinador

.

O que deixa a vaidade em casa e entra em campo para correr por seus companheiros

.

O volante Dodi, do Fluminense, se encaixa perfeitamente nessas características

.

Além de todas essas qualidades, Dodi é de uma inteligência tática raríssima

.

Jogador que preenche e ataca os espaços com veemência e fome!

.

Começa a construção de jogo do Fluminense e chega como elemento surpresa lá na frente

.

Um exemplo é o gol dele contra o Vasco. Quando o Fluminense está com a bola Dodi recua para formar a linha de três zagueiros

.

Começou a construção da jogada e subiu para impor uma superioridade numérica

.

Após boa jogada do Fluminense, a bola sobra no pé de Dodi. Golaço!

.

É o jogador termômetro. Dita o ritmo do jogo conforme as circunstâncias

.

Se precisar quebrar a linha alta de marcação do adversário, fará com tranquilidade e segurança

.

O "box to box" é uma das características que Dodi pode colocar no currículo. Vai de área a área com segurança e inteligência

.

Fluminense precisa fazer de tudo para renovar com esse jogador. Se não renovar, vai ter um fila de clubes querendo contratar o volante

.

Não tenho dúvidas que Dodi seria titular em muitos times do Brasil. Futebol e inteligência tática ele tem para dar e vender!!!

.

.

.

Me siga no Instagram: https://instagram.com/lendoojogo?igshid=qf3l8gyw71ls